»
S
I
D
E
B
A
R
«
Imbecilidades
Dec 19th, 2011 by M.J. Ferreira

O Primeiro Ministro deu uma entrevista ao Correio da Manhã que foi publicada ontem, Domingo, no Suplemento “Domingo” que acompanhava a tiragem daquele diário. Li-a na íntegra e, por isso mesmo, recuso as imbecilidades que comentadores e bloguistas “famosos” da nossa praça, juntamente com políticos e sindicalistas, tem dito ou escrito sobre a mesma. Haja decoro.

Não nutro uma especial simpatia por Passos Coelho. Estou à vontade por isso. Contudo, fruto de experiências e de uma educação académica com exigência (do antigamente, estão a perceber?), tenho olhos para ver/ler, ouvidos para ouvir e cabeça para pensar por si própria.

Assim, não concordo com comentários que li/ouvi hoje que o homem é um catastrofista e até aconselha os professores desempregados a emigrarem. Que imbecilidade, é a palavra que, sem ser desaforo ou insolência, me ocorre. O perigo está no facto de um rebanho enorme de “ovelhas” que não lendo/vendo, não ouvindo, não fazendo nada mais que pastar nas suas áreas de conforto, dizem “amén” com a maior das naturalidades estupidificada por falta de exercício mental e não só.

Provavelmente nunca aprenderam a fazê-lo e, ao abraçarem o conchego das comodidades de uma secularidade consumista, narcisista e hedónica, ficaram castrados do normal desenvolvimento dos seus cérebros, emoções e percepções. Felizmente, temos um Ministro da Educação que sabe pensar e tenho uma enorme expectativa na reforma da educação que pretende implementar.

Pessoalmente penso que Passos Coelho tem uma oratória e uma actuação realista onde se denota algum optimismo que espero tenha substância para se impor. Fala como um de nós, com termos perceptíveis sem ser um “animal político”. Fácilmente é, por isso mesmo, acusado de por vezes “borrar – ou quase borrar –  a pintura”; que é como quem diz, não é facilmente compreendido pelos “crânios” cá do “burgo”.

Penso, igualmente, que, habituado que o país estava ao espectáculo e ao marketing político de Sócrates, não goste de ouvir a verdade nua e crua. A “máquina” por detrás também não tem a mesma força. É, por isso mesmo, bastante mais fácil de macular e pôr labéu.

Aconselho a que vejam a entrevista que disponibilizo (carregue aqui para visualizar os 8 vídeos) e, por favor, aprenda a reflectir, a usar a caixa dos pirolitos. Seja crítico/a de forma positiva. Habitue-se a pensar em alternativas. Habitue-se a pensar global. Não tenha medo de ter opinião. Seja audaz sem ser insolente ou atrevido. Use o seu discernimento. Não se deixe imbecilizar e recuse a manipulação estupidificante que os “cérebros” nacionais debitam por todo o lado (e grande parte ainda recebe dinheiro por isso!!!!!)

»  Substance: WordPress   »  Style: Ahren Ahimsa